Planejamento - Viajando com Criança

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Copa Airlines !!!

 mensagem postada em 12/06/2014 - 08:06:35hs
 
 

Ayrton, Pelo site que você recomendou, existem pouquíssimas cias aéreas recomendadas. A que tem boa reputação é de longe a ultima opção. (mensagem de Jose Oscar)

A verdade é que raramente quem tem problemas com Cias Aéreas nem sempre abre um processo na justiça ou perde tempo em registrar as ocorrências em sites como o Reclame Aqui.
Eu mesma quando tive problemas com a COPA tentei abrir um processo no Juizado Especial do aeroporto e fui por eles desaconselhada ...
O Servidor disse: "Se a senhora quiser a gente abre mas todos os processos que foram abertos aqui, raramente encontramos um funcionário para receber a citação (no aeroporto de minha cidade só tem um balcão do único voo da Copa e só abre a meia noite e fecha as 3 da manhã (hora da decolagem), depois não fica mais ninguém) !!
Mesmo quando conseguem entregar a citação, ninguém comparece às audiências pois alegam que a sede da empresa é no Panamá e portanto não estão sujeitos à justiça do Brasil ...
Na ANAC também não adianta registrar ocorrências (a minha está lá há 6 meses e ninguém toma providências).
Só me resta falar a verdade em sites como esse e continuar acompanhando as ocorrências registradas. Toda a minha bagagem extraviada e malas danificadas, ficaram no prejuízo mesmo ... Várais pessoas do meu voo também tiveram malas furtadas ou arrombadas e os funcionários ficavam rindo da nossa cara quando fomos reclamar ... Para mim, COPA nunca mais. Prefiro não viajar do que passar por todo aquele inferno de novo !!
A minha viagem, ao invés de ser para descansar foi para me estressar!!!
Boa sorte a todos !
Beijos, Alice.





 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.