Planejamento

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: MÔ... Urgente! 180 dias e sem resposta da Gre...preciso de ajuda....URGENTE!

 mensagem postada em 10/06/2014 - 12:06:12hs
 
 

Sheila,
Sem carro no dia 31, os passeios mais práticos são Downtown Disney e Boardwalk, ou então parque (requer $ e paciência...). Se não forem para nenhum parque, podem acordar tarde, tomar um brunch na Boardwalk Bakery, passear de bicicleta por lá, depois ir para Downtown passear mais um pouco e gastar um pouco mais de dinheiro.
Ainda não tem a programação de ano novo para 2014, mas aqui tem o link para os eventos de 2013 para você ter uma idéia: link.
No Disney Quest tem festa de ano novo, com personagens e contagem regressiva para o ano novo: link para informações de 2013
Quanto aos carrinhos, são esses aqui:

São caros e duros, mas é bem melhor do que ter que ir embora do parque porque as crianças não querem mais andar...
Se você deixar de ir a Miami e ficar mais dias em Orlando, a sugestão que dou é acrescentar mais dias de parque, desta forma você poderia ficar menos tempo nos parques, chegar depois do almoço quando quiser ficar até o fim ou chegar cedinho e ir embora no começo da tarde. Isso pode facilitar as coisas, pois vocês poderiam retornar para o hotel quando a sua filha estiver cansada e não perderiam as atrações, já que teriam dias para repetir os parques.

Sheila,
Oi Mô

Vai dar tudo certo. Vamos torcer para que a magia da Disney contagie a sua filha e ela curta muito a viagem, sem dores, sem tristeza.
SE DEUS QUISER!!!
Você está pensando em alugar carrinho para ela? Mesmo com 10 anos, se ela for magrinha ainda caberá nos carrinhos duplos dos parques. Não são muito confortáveis, mas quebram um galho enorme para crianças grandes, que não cabem mais nos carrinhos comuns, mas que se cansam de tanto andar.
Hummm...como são esses carrinhos? Olha que pode ser uma ótima, hein... Você sabe me dar mais informações sobre eles? Amy é beeeeemmmm magrinha, tem 1,54 altura e pesa 25kg...rsss
Pra você ter uma ideia, ela usa short tamanho 4 na boa...rsss

Eu sinceramente não acho que vale a pena ir ao MK no dia 31. Deve ser lindo, mágico, mas lotação nível 10 ninguém merece. E ter que chegar de manhã para ficar até a meia noite com criança é muito cansativo.
É, eu pensei nisso também, mas menina, estarei sem carro já, o que eu vou fazer o dia todo? Nosso último dia de Orlando??? buáááááá Por isso sugeri o Ohana, que deve ser cheio, mas nem se compara aos restaurantes dos parques em termos de "muvuca". Mesmo que você vá mais cedo e assista apenas ao Wishes, já dá um gostinho de festa para a noite de ano novo. Dá para ver os fogos de dentro do restaurante, não precisa sair no frio!
Sinceramente, não sei o que fazer Queria tanto alguém pra programar tudo isso pra mim... Não estou com cabeça pra fazer isso, cheia de problemas...agora está meio massante pra mim...rsss
O que você acha que eu poderia fazer durante todo o dia 31 sem carro? :/

Quanto ao DAS, combinando com o Fastpass+, vai ajudar muito. O DAS não amarra tanto o horário, pois você pode voltar na atração a qualquer hora após o horário marcado no cartão, não é como no Fastpass, que você só tem janela de uma hora para comparecer. Você vai ter que esquematizar para alternar os dois recursos, enquanto espera a hora do DAS, vai em alguma atração com Fastpass, quando sair de uma atração marcada com DAS, já corre para marcar outra. Você pode também lanchar, descansar ou passear nas lojinhas enquanto espera a hora, já que não vai precisar ficar na fila.
Huuummmm...menos amarrada então...Gostei Obrigada, fiquei mais aliviada com essa informação..rss
Para finalizar o post, uma dica. Se for comprar produtos do Romero Britto, dá uma olhada antes na Amazon e na Bed, Bath & Beyond, os preços são menores do que na lojinha da galeria.
Hahaha...eu adorei essa dica sim..rsss
Ai Mônica, agora estou pensando sabe...
SE eu deixar Miami pra 2015 (olha eu já planejando mais Disney 2015...), o que eu faria com aquele monte de dias livres???

bjoooo


(mensagem de Sheila Carvalho)

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.