Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
A BURRA vai escrever novamente!

 mensagem postada em 20/05/2014 - 04:05:37hs
 
 

A burra aqui, segundo outro forista, voltou!

1) fiscais trogloditas (homens) no geral não conhecem grifes de bolsas, exceto se tiver um logo bem grande como LV ou chaveiro dourado reluzente MK.

2) coincidência ou não, eram as madames com MK as mais carregadas, com bagagem suficientemente grande para chamar muita atenção e abastecer uma Magrela inteira. Eu vi nitidamente uma preferência por escolher mulheres sozinhas ou não, e deixavam quase sempre passar famílias com crianças pequenas e gente desleixada.

3) não é teoria, é uma observação minha, feita com ironia.

4) eu prefiro discutir 1000 vezes com o fiscal, esfregar a norma na cara dele, a ter que ser multada por achismo arrogante. É deprimente morar nesse Brasil e achar que tem que ficar calada quando seus direitos não são respeitados. A pessoa foi extremamente estúpida, sarcástica, debochada, grosseira e mal educada. Agiu com autoritarismo, com frases do tipo "quem você pensa que é para merecer fila prioritária?", sendo que eu tinha ACABADO de passar em uma.

5) da próxima vez, eu escrevo bem grande, COM LETRAS GARRAFAIS "IRONIC MODE ON" antes do meu relato.

Daqui 60 dias eu viajo novamente para Orlando... quem sabe terei a paciência de contribuir aqui.

 


 
 
Num único dia aproximadamente 210 pares de óculos são perdidos em Walt Disney World. Estima-se que desde a sua inauguração em 1971 mais de 1.65 milhões de pares de óculos já foram enviados para o departamento de achados e perdidos ("Walt Disney World Lost and Found "). Outros itens que os convidados costumam perder são os seguintes: telefones celulares (+ 6.000/ano), câmeras digitais (+ 3.500/ano), bonés (+ 18.000/ano) e caderninhos de autógrafos (+ 7.500/ano).