Cruzeiros

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

Peço encarecidamente que não se utilizem do presente tópico para a troca de informações relacionadas a cotações de cruzeiros. O Viajando para Orlando é patrocinado pela empresa Orlando Tickets Online no referido segmento - link.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Majesty - Chegada em Miami e 1º Dia

 mensagem postada em 29/03/2014 - 07:03:53hs
 
 

Bom, eu estava devendo esse relato, era nossa primeira vez em Miami e em cruzeiros e peguei muitas dicas aqui e quando voltei acabei esquecendo de postar. Então como eu sou ansiosa e gosto de ver muitas fotos dos lugares vou tentar fazer os relatos o mais detalhado possível, tudo que eu conseguir lembrar posto e claro, muitas fotos.
Eu e meu marido (noivo na época) fizemos esse cruzeiro em Maio de 2012, tem quase 2 anos mas acredito que as coisas não tenham mudado muito.
Compramos a passagem pela TAM GIG-MIA-MCO-GIG, já que depois de Miami iríamos para Orlando. O vôo era direto para Miami e saiu do Rio no sábado à noite e chegamos lá às 6 da manhã e rapidamente já estávamos com todos os procedimentos feitos e as malas em mãos. Só que como contratamos somente uma diária do carro e tínhamos que chegar no porto por volta de 11hs decidimos fazer uma horinha pelo aeroporto para pegar o carro na hora certa para a devolução. Tomamos café no Starbucks, demos umas voltinhas pelas lojinhas do aero e pegamos o Mia Mover para ir para as locadoras pegar nosso carro. Alugamos um Mustang pela Hertz sem GPS já que eu tinha um xing ling aqui e coloquei o mapa dos EUA para ajudar nesse dia, já que em Orlando contaríamos com o GPS do Ronaldo. O GPS era tão ruim que eu tive que ficar quase meia hora do "lado de fora" do aeroporto para ele reconhecer que eu estava lá, mas depois disso foi tranquilo.
Pegamos o carro e fomos pro hotel Holliday Inn Port Of Miami, escolhemos esse por ser perto do porto e a hertz para devolvermos o carro no dia seguinte tinha uma loja perto do porto também. Deixamos as malas lá, já que o quarto não estava pronto e fomos rodar pra conhecer o máximo de Miami, nossa prioridade nesse dia não era compras já que só tínhamos esse dia em Miami, e sim conhecer mesmo o máximo de pontos turísticos possíveis. No dia seguinte saímos do hotel por volta de 8:30, 9:00hs para abastecer o carro e devolver para ir pro porto. Aí começaram nossos problemas, colocávamos no GPS o posto mais próximo e sempre caíamos em algum local sem posto nenhum ou com o posto fechado. Era segunda de manhã e o trânsito estava horrível e estávamos com medo de atrasar pra devolver o carro e acabar tendo que pagar mais uma diária. Achávamos que podíamos devolver o carro até 10hs. Finalmente conseguimos abastecer e o GPS resolveu dar piti e parar de funcionar, estávamos parados no trânsito e o GPS dizia que estávamos andando e o pior, na água, foi um sufoco até ele voltar a funcionar. Aí coloquei o endereço que eu tinha pego da loja da Hertz, só que passávamos pelo local e não existia Hertz nenhuma ali, começamos a ficar um pouco desesperados, demos várias voltas e não existia Hertz, aí paramos em um hotel próximo e explicamos a situação para o pessoal no hotel e eles explicaram pra gente onde era. Era no mesmo local que estávamos, só que de um lado da rua (que era a rua que estávamos passando) não tem placa nenhuma indicativa, é um edifício garagem e na outra rua que o prédio dá é que dá para ver a loja da Hertz, mas a entrada é pela rua que estávamos indo mesmo. Devolvemos o carro e o cara falou que eles dão uma tolerância pra gente na hora de devolver, ufa! Já eram 11hs.
Ficamos na lojinha esperando o shuttle da Hertz que nos levou ao porto junto com outras pessoas. Cada um ia para um navio e eles deixavam cada um na "porta" do seu cruzeiro.
Fizemos o check-in e por volta de 12:00hs estávamos dentro do navio. A cabine não estava pronta, mas já fomos com roupas de banho, mas assim que chegamos fomos ao Windjammer Café almoçar e quando acabamos fomos na cabine e ela já estava liberada, só não lembro se as malas já estavam lá ou se chegaram mais tarde. Mas fomos para a piscina e ficamos lá aproveitando e aí por volta de umas 17hs fomos dar uma cochilada para acordar pro jantar que seria às 21hs, só que não sabemos o que aconteceu com o despertador do celular que não funcionou e acordamos 23hs, não tinha mais comida no Windjammer e perdemos nosso horário no restaurante formal. Aí descobrimos que tinha pizza liberada até 5 da manhã e foi isso que comemos nesse dia.
Lá tem comida o tempo todo, o único horário que não tinha NADA para comer era de 5 às 6 da manhã, de resto tem os horários do Windjammer, o restaurante formal, a pizzaria sorrentos, o Johnny Rockets e uma outra "lanchonete" que falarei mais à frente, o Compress Deli.
Depois fomos ao casino e passeamos um pouco pelo navio, mas é incrível como tudo é calmo, parecia que todos já tinham ido dormir.

















 


 
 
Originalmente havia sido concebida uma montanha-russa para o pavilhão japonês (Epcot), cujo exterior representaria o Monte Fuji. Contudo, o projeto não foi levado a frente por conta de falta de verba e porque o patrocinador - Kodak - não gostaria de que o nome Fuji estivesse de alguma forma vinculado ao pavilhão.