Compras - versão para os homens!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Res: Res: Marco Antonio

 mensagem postada em 17/03/2014 - 03:03:34hs
 
 

Cara. Valeu pela dica do relógio. Fui hoje e comprei 2. Já o GShock eu peguei pela Amazon.

Agora, pra eu ir embora satisfeito com compras só falta eu encontrar um sapato e um sapatenis. Alguma indicação de loja?


Nossa...to com uma mala grande e outra média lotadas. To usando o extensor, mas basicamente só tem roupas. Será que pega na volta, na alfandega?

Um abraco (mensagem de MARCIOFSANT)



Márcio, vai na fé que vai dar td certo e nem vao te parar....Vc está no padrão de turista no retorno....Vai dar tudo certo!

Quanto a Sapatênis, tem desde U$ 32 na Ralph Lauren aqui perto da Intern Dr, mas tem uma loja muito boa quase em frente a Aeropostale que tem sapatos bons a um preço muito legal Márcio.

Quanto a sapatos sociais, eu compro somente no Brasil isso, acho aqui sapatos bons bem caros....Mas vale olhar nessa loja tbm e ai vc tem um comparativo com o Brasil.

Bom retorno para o Brasil e fico feliz de poder ter ajudado...


Abraços (mensagem de Marco Antonio Correia)


Marco. Acho que não vou comprar sapatos então. É que os democratas que eu uso estão em torno de 240 reais no Brasil.

Qto aos relógios, comprei um Michael Kors (ta...sei que é marca bem batida no Brasil), mas achei bonito. Comprei um Fóssil com maquina visível pra o padrasto da minha esposa. Só o meu relógio era 225 dólares, o outro 139. Paguei 314, já com impostos. Tb comprei um GShock pela Amazon. Só que ele é branco e já imagino as piadinhas qdo chegar rss

Só to com medo pq comprei muita roupa. Acho que gastei mais ou menos 3.5 k dólares. Comprei tudo que eu queria e também tive de pensar na minha esposa, então comprei algumas coisas pra ela. Acho ate um exagero. Provavelmente, quando eu voltar (se Deus quiser), vou apenas repor algumas pecas e ser mais seletivo. Isso me assusta quanto a alfandega, no entanto eu fiquei 11 dias e vim sem roupas, então usei muitas coisas.

Quero agradecer também quanto a dica do carro. Troquei a Gran Cherokee por um Ford Escape e adorei o carro. Parecia ter sido feito pra mim. Dirigi em tudo quanto é lugar, desde kissimmi, até a Disney e Universal, ate no Florida Mall e Mall at Millenia. Pena que em Sampa não vou ter como comprar um carro desses. No maximo um Kia Soul...rss

Gostei muito daqui. Da vontade de morar. Se meu inglês fosse um pouco melhor eu ia tentar viver no Canadá. Outro lugar que esta na minha lista de desejos é Santiago, no Chile. (mensagem de MARCIOFSANT)


Pois é Márcio, a primeira vez que cheguei aqui pensei a mesma coisa, e vim a trabalho e não a passeio.
Se posso ajudar com minha experiência de Orlando, eu diria: Planeje sua vinda. Não sei sua formação, mas com certeza deve ser bom no que faz. Eu planejei e estudei minha vida em definitivo quase 2 anos, afinal vc tem que analisar muita coisa, ver TODOS os prós e contras.
E como sempre digo, quando se está feliz, o resto meu amigo..é resto! Dinheiro é uma consequência de trabalhos bem feitos e feitos com amor.

Não digo a ninguém que é fácil, que é só pegar as malas e mudar. Não é assim! Existe toda uma adaptação e outra, ficar aqui 15/20 dias a passeio e com dinheiro no bolso é bem diferente do que ter que levantar todo dia para trabalhar e ganhar seu dinheiro suado, mas.......vale muito a pena!

Quanto ao inglês meu amigo, isso se aprende...não se preocupe. No início preocupe-se em se comunicar, fazer com que lhe entendam, depois sem muitos problemas vai lapidando seu inglês, melhorando pronúncia, entendimento e etc.

Bom retorno ao Brasil, e sem querer te desestimular, acho legal ter uma quantia na conta corrente separada para uma multa no caso de lhe pararem, mas eu tenho quase certeza que passara bem e sem problemas.

Pense positivo e dará tudo certo!!


Grande abraço e bom retorno a "Dilma's Land"....rss

 


 
 
Na fila da atração Piratas do Caribe você encontra dois esqueletos jogando xadrez, as peças do tabuleiro foram corretamente colocadas de forma que o jogo parece estar em um impasse que irá durar pela eternidade. Trata-se de uma marca registrada do Imagineiro Marc Davis que é apaixonado pelo jogo de xadrez.