Enquete - Você tem receio de voar?

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Res: Fico em panicoRes: Fico em panicoRes: Fico em panico

 mensagem postada em 10/02/2014 - 05:02:16hs
 
 

Bom pessoal. Apesar de acompanhar o forum ha algum tempo, criei coragem, me cadastrei e este é minha primeira postagem.
Esse assunto muito me interessa.
Pra mim fica tudo tranquilo até que o Avião começa a ligar forte as turbinas. Aquele momento em que sei que ele vai começar a pegar o embalo é muito tenso, fico pensando mil coisas, como por exemplo..."Agora, ele vai ter de subir"
Fico apreensivo na subida, quanto sinto que ele parece perder força, parece ficar mais lento ou pior, começa a mudar a rota em plena subida. A sensação fica mto forte na minha lembrança, penso que ele pode estar perdendo força (Stall) e fico em completo estado de choque.
Já em pleno vôo, consigo ficar um pouco mais tranquilo, mas qualquer mexida brusca no avião, me dá muitos frios na barriga. Muitos vão dizer...."fique tranquilo", e eu fico tranquilo, não me desespero mas eu fico muito tenso. Fico tenso até assistindo pousos e principalmente decolagens.
Tomo sempre Dramin mas lento e tenso ao mesmo tempo. Agora vou ter de me preparar para uma situação nova. Depois de viajar somente na America Latina, em Março, estou indo para Orlando. Voo de AA com conexão em Miami. Acredito que com uma boa dose de wisky eu fique legal mas em 8 horas de vôo, o efeito da bebida deve passar logo.
Quem puder me dar alguma dica, vai me ajudar muito, tanto com algo que eu possa tomar quanto com algumas informações que possam me confortar. Inclusive vi que tem piloto aqui no forum.



Amigo, eu também sou assim!
Eu tenho verdadeira paranoia. Enquanto o avião não entre em \\\"modo automático\\\" eu não sossego. Eu olho pela janela 2 mil e 500 vezes. Em nossa última viagem, foi tudo "novo".

Nunca havia ido para NY (são quase 10 horas de voo direto). Pegamos um avião mto maior do que o habitual que vai para Orlando (da TAM), meu marido , apenas a fim de me apavorar, falava: \\\"será que esse bichão levanta voo, amor\\\"? rs

Dá para imaginar o pânico que eu fiquei? Pois é.

Quando ele começou a levantar voo, eu simplesmente não respirei até o momento do \\\"desatar cintos\\\". Mesmo com o sinal verde, eu nunca desato. Vai que...

Enfim, o avião foi como uma pluma de SP até NY. A hora da aterrisagem, eu nem tenho tanto medo. Fico calma.

Mas na hora da decolagem, foi exatamente isso que vc descreveu: eu sempre acho que ele está perdendo força ou que está arremetendo... achei que era a única neurótica que achava isso!

Bom, mais uma diferença desta última viagem para as outras: fizemos um voo doméstico de NY para MIAMI. Foram as 3h e meia mais LONGAS da minha vida. Isso pq o piloto e aeromoças falavam tudo em inglês (claro, estavámos nos EUA...ora), e eu ficava prestando atenção toda hora que eles anunciavam algo.

Pegamos uma chuvinha com raios quase chegando em MIA.

Meu marido roncando e eu desesperada: \\\"vai que um raio atinge a aeronave\\\" .

Olha, só eu sei o que eu passo!

Dps de Orlando para SP, o avião estava com o ar condicionado de solo quebrado. Já começou a passar 1mil coisas pela minha cabeça. Coisas do tipo:

\\\"Já pensou se quebra o ar condicionado lá em cima? Vamos morrer todos sufocados\\\"

Olha, todo mundo tem suas neuras, mas eu não deixo de viajar por causa disso. Sempre tento relaxar o máximo.

Tenho uns problemas de circulação e não posso \\\"me apagar\\\" no avião. Preciso sempre estar em movimento. Portanto, não te aconselho a tomar remédios sem ordem médica. De repente vc tem uma trombose por ficar mtas horas parado na mesma posição...eu me sentiria péssima por ter indicado algum calmante para vc \\\"desmaiar\\\"...rs

Bom, por hora, penso que a terapia de grupo, expondo nossos medos e neuras, funciona mto bem para mim! rs

 


 
 
Quando você estiver visitando a atração "The Great Movie Ride" durante a cena onde os atores estão caracterizados de gangsteres preste a atenção na placa do carro dos criminosos, você lerá "021 429", que traduzindo para uma data teríamos "02/14/29", ou seja, o exato dia em que ocorreu o conflito entre gangsteres de Chicago denominado de "St. Valentine's Day Massacre".