Embarque - Desembarque - Imigração

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Fui de Delta, conexão em Atlanta

 mensagem postada em 24/09/2013 - 06:09:39hs
 
 

Fui para Orlando em voo noturno (02/09). Embarcamos no Galeão. Como a fila estava grande, resolvemos encará-la com antecedência porque queríamos jantar. A fila andou rápido. Chegamos no guichê, atendente mal educada. Falei boa noite e ela só pediu os passaportes. Embarcamos no horário previsto (21:40). Chegamos em Atlanta as 06 ou 07 da manha, não lembro. A fila para imigração estava grande e desorganizada, mas depois veio uma funcionária e deu uma melhorada no andamento. Atendente americana, também mal educada, com a cara fechada...dei bom dia e outra vez não fui correspondida (acho que não foram com minha cara...rsrsrs). Pediu passaporte, perguntou se éramos da mesma família (eu, marido e minha mãe). Perguntou também porque estávamos indo para orlando e quantos dias ficaríamos lá. Perguntou a quantia que estávamos levando, se era menos de 10 mil dólares. Depois de responder a essas perguntas, fomos correndo retirar as malas. As esteiras ficam no mesmo andar da imigração. Tem um funcionário lá que orienta o número da esteira de acordo com seu voo. depois disso, vimos um balcão da Delta onde estavam recolhendo as malas para despachá-las novamente. O aeroporto é bem sinalizado. O trem é super fácil de andar, bem sinalizado por dentro e não tem como errar. Ele vai indicando as estações (portões). Na volta, nosso voo atrasou para sair de Orlando, chegamos em Atlanta em cima da hora e por pouco não perdemos o voo. A alfândega no Galeão foi super tranquila. Tinha uma funcionária perguntando se as pessoas estavam sozinhas e olhando a quantidade de malas. Quando passei, estava só eu e minha mãe, porque meu marido aproveitou que ela não falou nada e se mandou...rsrsrs...ela me perguntou se estava sozinha e se tinha algo a declarar. Como não tinha, respondi e ela nos liberou. Nem acreditei quando vi a saída!rsrsr

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.