Flórida - Key West

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Eu fui, maio de 2013

 mensagem postada em 04/07/2013 - 12:07:27hs
 
 

Olá Pessoal, quem está em dúvida se é uma boa ir Key West respondo que pra mim valeu muito a pena sim. É uma viagem muito gostosa de Miami até lá, dura de 3 a 4 horas, no caminho se passa por várias ilhas e pontes por cima do mar, que é verde, parecido com o do nosso nordeste (mas o nosso mar é mais lindo), a cidade tem uma arquitetura linda, com casas de madeira todas avarandadas. É uma cidade bem tranqüila, com um certo ar romântico, gostei muito. Fiquei só um dia lá, cheguei as 14:00 da quarta e fui embora pela manhã da quinta-feira, me empolguei na Ross de lá, achei um monte de roupas boas e baratas para o meu filho, depois fomos para o hotel, aproveitamos um pouquinho dele e depois fomos para a Malory Square ver o por do sol, e andamos um pouco no centro, pedi um cookie gigante de macadâmias que tem numa doceria perto do museu, muito bom. Aí meu filho capotou e voltamos para o hotel. Para quem está sem criança pequena com certeza vai aproveitar bastante a noite de lá.
Acordamos cedo para ver o sunrise do píer do hotel, andamos, tiramos fotos e voltamos para Miami, quase chegando em Miami paramos no outlet Florida City que é da rede Premium, super vazio comprei mais roupas na Carter’s para o meu filho.
Nós ficamos no Southernmost Point on the beach, amamos o hotel, ele tem uma pequena praia, um píer ótimo pra ver o nascer do sol, o quarto muito bem decorado e super limpo, recomendo.
Acho um dia pouco, o ideal seria passar pelo menos 2 noites lá, mais que isso também não tem muita coisa pra fazer, a não ser que esta seja a idéia, aí é perfeito.

Sara

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.