Companhias Aéreas

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O presente tópico se presta para a troca de informações relacionadas as companhias aéreas, mas não para cotação de preços entre agências de viagens (regra "3.1"). Somente é permitido divulgar os preços de passagens praticados pelas próprias companhias, mas peço que informem o link do respectivo site da empresa aérea para que seja possível atestar que não se trata de propaganda (ainda que indireta) de empresa de turismo, o que é vedado pelo regulamento do fórum.
Com relação a disposição dos assentos das aeronaves é recomendado o site SeatGuru - link.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Copa, Delta e demais Cias

 mensagem postada em 27/01/2008 - 01:01:46hs
 
 

Pessoal,

Eu já viajei na maiorias das atuais cias que operam Brasil -> EUA e posso dizer o seguinte:

- São todas excelentes enquanto não ocorre nenhum problema!

A Delta tem melhorado, a Continental também, mas os aviões que eram colocados por estas há alguns anos eram péssimos e muito velhos. Com a Delta eu já passei por situação de principio de incêndio dentro de um vôo de Atlanta para Miami em 1999, troca de avião e perda de conexão por culpa deles. Com a Continental, já experimentei diversos atrasos por problemas técnicos, sem a menor explicação.

De American, na minha última vez, em viagem à trabalho cheguei na hora correta com um colega de trabalho que ficou na minha frente na fila e foi atendido, o funcionário brasileiro da AA resolveu que não iria me atender porquê a fila da alfândega estava muito grande, na maior falta de respeito. Só depois que briguei e chamei o supervisor, junto com o meu colega de trabalho e explicamos que estávamos em grupo é que fizeram o meu check-in, um completo absurdo e falta de respeito, isto porque parece que os funcionários brasileiros desta cia acharem que são melhores, só porque trabalham em uma cia americana, péssimo tratamento aos passageiros brasileiros.

Com a LAN Chile, viajei em julho para Los Angeles, também à trabalho, posso dizer que foi muito ruim, apesar do avião ser um dos melhores em termos de entretenimento, os vídeos individuais são excelentes, mas os funcionários péssimos. o retorno tive uma escala em Lima (Peru) que virou conexão, sem nenhuma explicação e sempre com muita grosseria, perdi a minha conexão em Guarulhos e tive que me deslocar para Conconhas por minha conta, pois naquele período a ANAC estava muito ocupada com outras coisas (penso eu) e não tinha como atender a nenhum passageiro...mas tudo bem, pois passageiro é apenas um detalhe em termos de aviação civil, o mais importante são as CIAs e os funcionários do aeroporto, não é mesmo?!

Resumindo...

Em dezembro eu sofri com um overbooking da Copa, pela qual já viajei duas vezes com a família. Posso dizer que ´viajo com eles por causa do preço, porém não tive nenhum problema além do overbooking, as minhas malas vieram sem problemas, o avião é pequeno, mas acho que o espaço interno das configurações de econômica das outras igual, exceto no caso da United que parece ter mais espaço, eu pelo menos me sinto melhor alí. O overbooking da Copa foi resolvido imediatamente e me mandaram no mesmo dia de United via Chicago, assim o meu atraso foi de 6h.

Bom, eu já havia relatado a questão do overbooking, no mais a Copa não me gerou nenhum inconviniente. Porém, face ao ocorrido com a nossa colega Erika eu vou pensar umas dez milhões de vezes antes de comprar Copa novamente. Este site é muito importante até pelo fato de podermos, dentro das regras estabelecidas pelo Luiz, trocar nossas experiêcias e com isto gerarmos mais pressão já que sozinhos vamos no máximo gastar garganta e saliva, porém se reclamarmos em conjunto aí vamos ter força! Principalmente se as reclamações forem corretas e no momento certo.

Erika, mais uma vez agradeço pelo sua iniciativa em contar o ocorrido e continuo torcendo que vc. receba a sua mala.

Boa mesmo era a Varig até por volta de 1998, aquilo era bom atendimento, e eu ainda reclamava quando o filé vinha meio frio...

Marcio

 


 
 
O Marrocos foi o primeiro país a reconhecer os Estados Unidos como país independente. No seu pavilhão no Epcot, mais especificamente no restaurante Marrakesh você encontra numa parede (área de espera) uma réplica de uma carta trocada entre o sultão Mohammed III e o presidente George Washington.