Bagagem - Limite - Peso

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Sacolão- American Airlines

 mensagem postada em 03/05/2013 - 09:05:52hs
 
 

Galera,

Voltei ontem de Orlando/Miami pela AA. Estava com receio pois sei que a empresa tem restrições p/ Recife, não podendo trazer excesso, nem mediante pagamento.
Estava com dois sacolões, em um estava o carrinho do bebê e outras coisinhas e no outro o bebê conforto e o playard. Comprei o sacolão médio e custou 17,99 dólares cada, numa lojinha defronte ao Quality Inn 7600 ID.
Realmente ficou grande, maior que minhas outras duas malas que tinham o tamanho máximo permitido pela AA.
Quando cheguei p/ fazer o check inn em Orlando, p/ meu desespero, tinha uma excursão de adolescentes e todos, digo todos estavam com suas malas desmontadas no chão, tentando transferir o peso, p/ outras malas ou malas de amigos.
Minhas malas eram bem maiores que a deles. Eles estavam pesando até bagagem de mão.
Fui p/ o balcão, juntamente com minha esposa, e comecei a passar mas malas normais. Quando coloquei o primeiro sacolão, a atendente disse que aquele tipo de mala não era permitido pelo tamanho, e pegou uma fita métrica. Ela disse que passou 5 polegadas e deixou passar. No segundo sacolão, ela mediu de novo e disse que deu 10 polegadas a mais. As bagagens de mão não foram pesadas.
Ela pediu pra eu diminuir a mala, porém eu expliquei q era o carrinho e era rígido. Ela parou por um instante, colocou a etiqueta e mandou eu levar a mala pra um setor ao lado, oversize bags. Cheguei lá e entreguei a mala a um funcionário. Perguntei se minha mala seria taxada, ele disse que não, que tinha passado pouco do tamanho e ele só iria examinar e a empresa já tinha etiquetado e autorizado. Ele abriu, vou e Graças a Deus encaminhou.

Grande abraço,

Samyr Youssef

 


 
 
O patriotismo de Walt sempre foi evidente em sua obra. Assim, no Magic Kingdom, existem inúmeras bandeiras asteadas nas lojas em Town Square e ao longo da Main Street U.S.A., mas elas foram impressas de maneira a - propositalmente - não terem o número correto de estrelas e listas, com o objetivo de assim não terem que ser retiradas toda noite, como é obrigatório para as bandeiras oficiais.