Visto

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Visto em Recife

 mensagem postada em 05/01/2008 - 12:01:56hs
 
 

Boa Noite,

Acompanho o VPO a uns 06 meses, apenas como leitor, mas hoje achei ser interessante informar a vocês minha experiência no Consulado de Recife, onde fui com a minha mulher solicitar o visto de nossa filha de 02 anos que viajará conosco em Abril, eu tenho 33 anos e sou gerente de banco privado e minha mulher tem 31 anos e é gerente financeira de empresa do tio, ambos com vistos válidos até 2010.
Estávamos agendados para as 10:00hs, porém, chegamos por volta das 08:45hs e acabamos entrando com o grupo das 09:00hs, precisamente as 09:10hs sem problemas.
Tinha aproximadamente umas 25 pessoas nesse lote e umas tantas já lá dentro, mas tudo fluindo muito tranqüilo e bem acomodados (a reforma no consulado ficou muito boa) e vi que umas 03 pessoas pagaram na hora a taxa do citibank.
Levei a famosa montanha de documentos (extratos de conta corrente e de aplicações, contracheques, carteiras de trabalho, certidão de casamento, certidão de nascimento de nossa filha, documentos de imóveis e carros, declaração da escola de nossa filha, I.R. e nossos passaportes com visto).
Por volta das 10:15hs chamaram nossa senha para a entrevista, a agente consular foi simpática (é claro que ao estilo americano).
Perguntou onde eu e minha mulher trabalhávamos e quanto ganhávamos, respondemos e perguntei se gostaria de ver nosso contracheques e, “não precisa”.
Perguntou se a empresa que minha mulher trabalhava era familiar, respondemos que não para não complicar.
Perguntou se tínhamos visto e eu lhe entreguei nossos passaportes (olhou por alto).
Perguntou quantas vezes fomos aos EUA e respondemos, e por fim perguntou quando foi a última vez que fomos aos EUA, respondemos 2005.
Menos de 01 minuto digitando algo e as palavras mágicas “ok, visto concedido, dirijam-se ao sedex”.
Não precisamos utilizar nada de nossa montanha de documentos e em momento algum ela perguntou quem era a menor ou se era nossa filha, só uma pessoa perguntou e foi o vigilante da entrada do consulado, o qual recebe o DS 156 para verificar na listagem se estamos agendados.
O consulado hoje parecia estar em queima de estoque de vistos, pois, todos que foram a entrevista antes de nós, digo todos sem exceção, passavam direto para o sedex.
Não sofri qualquer questionamento com relação as alterações que fiz no DS 156, e eu fiz muitas devido a mudanças no roteiro, nos hotéis e no tempo de permanência que aumentamos, ao todo acho que alterei umas 04 vezes o DS 156.
Aconselho: Cheguem mais cedo, levem suas montanhas de documentos, pois, se pedirem estará na mão, portem-se e vistam-se adequadamente (hoje todos estavam bem vestidos) e por final respondam com clareza e firmeza (fale olhando no olho e não titubeie).

Espero ter contribuído.

Marcelo Cruz

 


 
 
Walt Disney World Resort emprega mais de 62.000 "cast members". Não por outro motivo é considerada a empresa americanas que mais empregos oferece numa única localidade.