Alfândega - Relatos

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 

O objetivo do presente tópico é o de servir de espaço para que possamos postar - relatos - sobre as nossas experiências com a alfândega (exclusivamente). Peço que questionamentos sobre a "cota de isenção" sejam reservados para o seu tópico específico - Alfândega - Cota de Isenção.

leia essas informações
 
Índice  
 
 
Paulo / Bruno / Julia

 mensagem postada em 24/10/2011 - 12:10:43hs
 
 

Em janeiro fiz alfandega em Recife, estavamos eu e meu irmao que é adolescente. Nos dois passamos pelo raio x. Ele passou tranquilo, nao pararam, eu nao. Revistaram todas as minhas malas, eu tinha comprado roupas, perfumes, cremes, brinquedos, camera digital, i-pod, i-pad... coisinhas basicas, rs... só "implicaram" com o i-pad, pediram a nota eu disse que nao tinha mas expliquei que era um i-pad de 16G, o mais simples, que custava $500. Eles verificaram a configuracao do i-pad, virem que eu estava falando a verdade e me liberaram, sem cobrar nada.

Agora em setembro viajei de novo e na volta fiz alfandega em Salvador, era bem cedinho, 6h, estavamos eu, meu irmao e meu filho. Demoramos para descer do aviāo, pegar as malas, etc, acho que fomos uns dos ultimos, só tinha uma senhora na alfandega com cara de sono, toda se espremendo de frio num casaco. Não passamos por raio x, ela so perguntou se tinhamos eletronicos, eu disse que so tinha meu i-pad "antigo", ela perguntou se era o 1 ou o 2, eu disse que era o 1 e... passamos.

 


 
 
Na fila da atração Piratas do Caribe você encontra dois esqueletos jogando xadrez, as peças do tabuleiro foram corretamente colocadas de forma que o jogo parece estar em um impasse que irá durar pela eternidade. Trata-se de uma marca registrada do Imagineiro Marc Davis que é apaixonado pelo jogo de xadrez.