Animais de Estimação

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Pessoal

 mensagem postada em 22/07/2009 - 10:07:11hs
 
 

Olha que lindo esse relato da Shirley do blog Eu comprei

Quem ama cachorros entende de gente!
Não poderia deixar de comentar aqui o assunto da matéria de capa da Veja desta semana, sobre os animaizinhos de estimação que também são "gente" e que fazem sim parte da família de muitos de nós.
Quem ama cachorros (e gatos e periquitos e coelhinhos, não importa qual animal você goste) entende de gente, aprende a respeitar limites, a ter responsabilidade, a ser paciente, a entender que nada é eterno (nossos amiguinhos um dia partem, infelizmente!), que é bom rolar no chão e brincar, que você é lindo e bacana mesmo doente ou sem dinheiro, que realmente "um gesto vale mais do que mil palavras (ás vezes uma lambida é o que ajuda a curar sua ferida de alma), que é legal amar sem pedir nada em troca (além de um pedaço de comida e um cafuné na cabeça) e saber perdoar (quem tem cachorro sabe que você pode brigar com ele, mas depois ele sempre abana o rabo quando você chama).
Já tive 3 Tobys, já tive Susie, Filó, Lila, Bebel e vários outros cachorrinhos desde criança, alguns de raça, outros bem vira-latas... Agora eu e meu marido temos a Mischa e a Zoé. Todos me ajudaram a crescer, a ser alguém melhor, me consolaram nos dias tristes e correram comigo em momentos de liberdade e alegria. Me fizeram dar gargalhadas e também me ensinaram a suportar as dores de crescer. Foram meus amigos e companheiros na infância, na adolescência e agora como mulher crescida. Me ensinaram muito e me pediram pouco.
A gente fica "mais gente" ao adotar um bichinho. Experimente você também!

 


 
 
Geralmente a Disney emprega a técnica conhecida como "perspectiva forçada" para fazer com que os edifícios pareçam maiores do que são realmente. Contudo, no pavilhão americano (Epcot), ocorreu o inverso, o prédio de 05 andares aparenta ter apenas 02, com o objetivo de manter o estilo da época colonial.