Voltei - Relato da minha viagem!

 
Tópico Aberto

 
 
ORDENAR MENSAGENS: da mais antiga para a mais recente
 
Índice  
 
 
Demorei mas o relato saiu!!!

 mensagem postada em 16/03/2007 - 11:03:25hs
 
 

Primeiramente gostaria de falar que o fórum foi de extrema importância para minha viagem e eu pessoalmente adorava os relatos, principalmente os detalhados, então vou tentar colocar o maior número de informações possíveis.
Na viagem fui eu, meu marido, minha filha de 5 anos, meu filho de 1 ano e 1 mês e minha mãe. Na minha manifestação de opinião considerem que estava com uma criança, um bebê e uma senhora, então o que nos agradou pode não agradar a todos.
Companhia aérea e vôo - No dia anterior à viagem consultando o site da TAM descobri que haviam mudado a aeronave que faria o vôo e que esse passaria a ter uma escala em Manaus, havia escolhido um vôo sem escalas por causa da criança. A TAM nos reembolsou em U$ 200,00 por passagem, o vôo foi tranqüilo, a comida boa, só tive problema com a marcação de poltronas, que eles não respeitam. O vôo da volta de Orlando atrasou e chegamos em cima da hora do check inn em Miami, como resultado fomos lá no fundão, mas de lambuja fomos com a fileira livre e deu para as crianças deitarem. Adorei o vôo MIA-MANAUS E MANAUS-BSB. Rapidinho e sem ter que passar em São Paulo, para quem é de Brasília é uma boa.
Imigração super tranqüila em Miami.
Carro – o nosso maior problema da viagem. Não aconselho a ninguém que alugue carro pela Álamo. Alugamos o econômico e o atendente queria que fizéssemos um upgrade para compacto, não quis pois já haviam me informado que eles só tem carros compactos, portanto teriam q me dar um, independente de upgrade. Só q eles vendem o pacote econômico para ganhar no preço e depois querem te empurrar de qq forma o outro carro. Minha mãe tinha ficado com minha filha e não estava conosco, o atendente achou que éramos só eu, meu marido e o bebê e mesmo assim fez o maior terrorismo do mundo: que não iam dar as malas, que eu ia achar o carro muito pequeno, que eu ia tentar trocar e estava acabado pq ele não trocaria mais. Não cedi de forma alguma. Resultado: cara amarrada, atendimento péssimo e o sacana começou a falar que a operadora não tinha pago a reserva e que não levaríamos o carro, no final liberou, mas vi que ainda teria muito problema. Saímos pegamos o carro, adivinhem, um compacto, lógico, a atendente olhou pro papel e falou: - econômico é qq um na parte dos compactos. Vejam bem, teria pago um upgrade de U$ 11,00 por dia pra pegar o mesmo carro. No retorno a situação foi pior pois não tinham dado baixa, tive que ligar pro Brasil e a operadora me garantindo que estava tudo ok, que tinha passado até um fax, sei que briguei fiquei nervosa e sai quase fugida, pq ia perder o vôo, ela me disse pra eu voltar tranqüila q ela resolvia aqui, me causou um estresse muito grande e com certeza Álamo nunca mais. Pago mais caro por um serviço verdadeiro, do que mais barato por um fictício. Até hoje estamos esperando a fatura do cartão para ver se debitaram alguma coisa e para termos mais uma dor de cabeça. Foi o único ponto baixo da viagem.
Hotel – Gostamos muito, super tranqüilo, café legal, piscina aquecida, quarto muito grande com banheira, cafeteira, duas camas de casal, um sofá cama maior que as camas, microondas, frigobar, secador de cabelo, mesinha com cadeiras, não pagamos nada pelas ligações locais. Pagamos U$ 60,00 com café para 4. Localização ótima, na Turkey Lake, paralela à International, não dava pra ir a pé a nada, mas era totalmente perto de tudo.
Clima – muuuuitttttooooo frio. Pegamos 4 dias de sol, que dava pra usar camiseta, 2 dias que moletom bastava, mas os outros 6 só com 2 casacos, luva, 2 meias, etc.
Parques – vou escrever por ordem de visitação.
2º dia – Epcot – (escolhemos o Epcot para o primeiro dia pq o Magic Kingdom, não teria Spectro Parade nesse dia). Não era um parque que tinha muitas lembranças e não tinha achado nada demais, dessa vez achei o máximo e a opinião foi compartilhada por todos, cheio de atrações boas, amamos – nosso 1º lugar junto com IOA.
Fomos na ordem: Soarin: esperava mais, minha filha amou e foi duas vezes.
Living with the land: as crianças adoraram.
Nemo: muito bonitinho, todos gostaram e a entrada é uma atração à parte.
Test track: apesar de ter ouvido opiniões divergentes, nós adoramos, achamos muito legal, além de que minha filha pôde ir. (usamos o fast pass)
Mission Space: fui na versão verde com meu marido e não deixei minha filha ir em nenhum. Não gostei, mesmo! Não achei nada, um simulador que não é dos melhores. Depois meu marido foi na laranja, ele saiu branco, não tem nada de radical, ele disse que o problema é que vc se sente mal mesmo, não é igual à montanha russa que é legal, é só um incômodo.
Space ship: não achei que mudou muito, só o final e todos gostamos.
Honey I shrunk the audience teve nota 10 por todos.
Os países continuam lindos.
Jantamos na Noruega com as princesas e minha filha foi à loucura. A comida é boa, mas não achei nenhum espetáculo.
Achei o Iluminations lindo, não sei se pq o vi há 16 anos atrás ou pq não esperava muito, mas achei maravilhoso, me emocionei, muito mais do que no Fantasmic.
3º dia Sea World – esse dia tava muito frio, o dia mais frio que pegamos, achei o Sea World lindo, cheio de atrações tb, a nossa preferência nos shows foi Clide e Seamore e Shamu, o dos Golfinhos pegou rabeira, achei que tem muito enfeite e os golfinhos, que eu amo, ficaram um pouco de lado. Dica aqui, quem quiser comprar suvenirs de pelúcia, vá para a parte de jogos, tem uns que vc sempre ganha (o das bolinhas nas garrafas por exemplo). Gastamos menos do que o preço de um nas lojinhas e levamos três. Na parte do cavalo, me esqueci o nome, a cerveja é de graça. Pausa para um lanchinho e cerveja geladinha, minha mãe e meu marido se acabaram, só não peçam a refeição com nome Budwaiser, é horrível.
4º dia Magic Kingdom – o parque estava lotada, andávamos esbarrando nas pessoas. Lindo como sempre e refletindo todo encanto da Disney. Conseguimos fazer o parque todo.
Pontos altos: - Piratas do Caribe, os personagens aos montes no parque, a parada da tarde, It’s a small world (foi o que meu bebê mais gostou, ele conversava, apontava para os bonequinhos e dava gritos eufóricos de alegria), Buzz Lightyear (eu e minha mãe ficamos com vontade de quero mais, pena que não deu pra repetir) e Philamargic (lindo, achei o 4D mais legal de todos), Peter Pan Fly e Big Tunder Montain.
Decepção – Parada noturna (acho que estávamos muito cansados) e Stitch great scape (não esperava muito, mas mesmo assim me decepcionei).
5º dia MGM – meu marido gostou pq foi no Elevador e na montanha russa do Aerosmith, eu que fiquei com os meninos e com minha mãe, não aproveitei muito, cheio de horários, correria pra não perder os shows. O Fantasmic é lindo, mas acho que devido ao cansaço, ao frio e ao som ensurdecedor, não nos causou tanta emoção. Pontos altos: o novo show da Pequena Sereia é lindo de morrer e o mesmo eu digo para o musical da Bela e a Fera.
6º dia Universal – Esse dia ficaríamos descansando, mas o primo do meu marido que mora em Miami nos ligou que iria nos visitar no dia seguinte então passamos o Universal pra esse dia. Parque ótimo, vazio, quase sem filas para as atrações e muito diversificado também.
Ponto alto: Revengy of the mummy com certeza, como já ouvi alguém falando aqui, radical na medida certa. ET que continua lindo e a parte infantil que está muito fofa e que os pais também se divertem.
Ponto baixo – Twister, muito expectativa pra pouca coisa (minha mãe adorou).
7º dia – IOA – parque lindo, super colorido, super divertido, enfim, nota 10. Meu marido gostou pq tem muitas montanhas russas, eu e minha mãe gostamos pq tinha brinquedos também não tão radicais, mas divertidos e apesar de dizerem que é um parque mais para jovens meus filhos adoraram. Toon Lagoon é o máximo, e a parte infantil tb, além de ser linda. Meus filhos tiveram que trocar de roupa duas vezes e se divertiram a valer. A Duelling Dragons recebeu o segundo lugar na opinião do meu marido, só perdendo pra Sheikra. O Spider Man é muito legal e no Jurassic Park parece que vc está no filme.
8º dia – Dormimos até mais tarde, descansamos, fizemos compras e saímos com os primos do meu marido.
9º dia – Busch Gardens – muitas atrações radicais e o frio não nos deixou fazer as aquáticas, resumo, olhamos enquanto meu marido se divertia. Ele achou a Sheikra a mais radical de todas as montanhas. Eu e minha mãe tínhamos uma lembrança muito boa desse parque, embora ele continue lindo, acho que hoje, Orlando supre tudo, não sei se irei numa próxima. Apesar do meu marido adorar montanhas russas ele também achou q é um parque para se fazer de vez em quando. Vejam bem, é um parque lindo e super legal, acho que vale a pena conhecer, pra gente que com crianças pequenas não valeu.
10º dia – Animal Kingdom – dia de princesa da minha filha, minha Bela fazia o maior sucesso por onde passava. Estávamos fartos de parques, o que foi uma pena, pq achei o parque lindo e da próxima começo por ele. Fizemos praticamente It’s tough to be a bug, Expedition Everest e a parte dos dinossauros. Tínhamos muito o que arrumar e as últimas compras para fazer.
11º dia – Check out, rolos do carro, almoço e casa.
Compras – pra gente o que mais funcionou foi o Wall Mart e os mercados em geral (K Mart, Target, etc). Compramos de tudo, Play Station, Patins, brinquedos, presentes, edredom, só o q compramos fora foi a filmadora. Achamos o Premium legal, mas compramos mesmo, só na Adidas e na Fóssil. A Nike da 192 é bem mais barata, mas tanto nela quanto na do Premium achamos a quantidade de modelos muito pequena e não compramos nada. O mesmo ocorreu nas lojas da Puma, Timberland, Reebook, preços bons, mas modelos para poucos.
Comida – adoramos fast food, mas aquilo lá é horrível, tempero horrível, tudo tem pimenta, molhos horríveis, cada macarrão de dar dó. O menos pior eram os sanduíches. As duas melhores refeições que fizemos foi no Olive Garden e das mais baratas gostei do Cicy’s pizza, por que pelo menos tinha uma saladinha e uma espécie de rabanada que sozinha vale pelo preço do almoço, uma delícia, pena q só comemos lá no último dia, senão teria comido mais vezes. No geral jantávamos no hotel, as crianças ficavam tão pregadas que quando chegávamos no hotel ninguém mais queria sair e o frio também não ajudou.
Gerais – A sugestão de comprar o carrinho foi certeira, usamos muito e saiu pelo preço de um aluguel e meio.
Haagen Danzs – para quem gosta do sorvete aproveite.
Descanso e compras – quando via pessoas colocando 3, 4 dias de descanso não entendia, achava muito, agora compreendo, uma próxima faço no máximo 5 parques e os outros dias de atrações avulsas, compras e descanso. Foi muita correria para comprar tudo que queríamos e ainda faltou alguma coisa.

 


 
 
O Storybook Circus se estabeleceu no Carolwood Park - Este nome faz referência ao trem a vapor que estava no quintal de Walt Disney.